JUSTIFICATIVA

De um modo geral, as empresas investem muito tempo e dinheiro para melhorar o desempenho do seu Gerenciamento de Prevenção de Acidentes, tornando as atividades e tarefas cada vez mais seguras, através de proteção de máquinas e sistemas de gestão, os quais incluem a inspeção, estatísticas, treinamentos, procedimentos operacionais, etc. Estes esforços reduzem significativamente os acidentes no decorrer dos anos, porém especial atenção deve ser dada ao Comportamento do Ser Humano.

Visando atender esta necessidade, o Programa de Gestão de Segurança Comportamental, está fundamentado nos pressupostos teóricos da Psicologia Cognitivo-Comportamental, no modelo Lean Behavior-Based Safety, para a Gestão da Segurança Baseada no Comportamento e em conformidade com a Norma Regulamentadora N.º 01 – SIT; Proporcionando valores individuais e coletivos em harmonia com a cultura organizacional de Segurança no Trabalho.

OBJETIVOS GERAIS

– Desenvolver o Programa de Gestão de Segurança Comportamental para melhoria do desempenho de segurança e prevenção de acidentes no trabalho;

– Aperfeiçoar a prática do comportamento seguro, promovendo o engajamento dos colaboradores na prevenção de acidentes no trabalho;

– Aprimorar a cultura organizacional de Segurança no Trabalho.

ESCOPO DO TRABALHO

A – Administração e Gestão

Objetivos:

Desenvolver os elementos de gestão e administração do Programa de Gestão de Segurança Comportamental para a Prevenção de Acidentes no Trabalho, implementado metodologias e procedimentos, equipes técnicas e capacitações, dentro do processo de melhoria contínua.

Principais elementos envolvidos:

A1. Criação da equipe de design;

A2. Determinação das políticas, diretrizes e cronogramas;

A3. Análise e avaliação do histórico do perfil de sinistros ocorridos nos últimos 24 meses;

A4. Seleção dos comportamentos alvos;

A5. Elaboração da lista de verificação crítica;

A6. Determinação do sistema de medidas;

A7. Elaboração do programa de observações comportamentais e capacitação dos observadores;

A8. Análise e avaliação de dados;

A9. Processo de melhoria.

B – Estruturas e Sistemas

Objetivo:

Desenvolver as estruturas e sistemas necessários para a eficiência funcional do Programa de Gestão, considerando a sistemática, arquitetura, ordenamento e fluxo de gerenciamento organizacional.

 

Principais elementos envolvidos:

B1. Comunicação;

B2. Registros;

B3. Monitoramento;

B4. Gerenciamento.

C – Reuniões para assessoria:

Durante o processo de implantação do programa de gestão de segurança comportamental, serão realizadas as seguintes agendas:

C1. Cultura organizacional: 01 (uma) apresentação com o tema “Segurança comportamental” – 60 min, sem restrição de quantidade de participantes;

C2. Implementação e gestão: 06 (seis) reuniões com a equipe de design – até 4h cada;

C3. Capacitação: 01 (um) treinamento para observadores – 4h/a para até 20 observadores.