JUSTIFICATIVA

Visando o treinamento específico para o atendimento ao evento emergencial nas práticas esportivas, desenvolvemos uma didática especial para o ensino e treinamento dos profissionais desta área.

OBJETIVOS

Possibilitar a especialização de profissionais, desenvolvendo um perfil técnico-profissional capaz de oferecer embasamento técnico e legal para o atendimento emergencial na prática esportiva.

PÚBLICO ALVO

– Instrutores de Atividade Física;

– Fisioterapeutas e Guarda-Vidas.

METODOLOGIA

O programa será desenvolvido em 16 horas/aulas e seu conteúdo será dividido em 04 horas/aula teórica e 12 horas/aula prática. Os participantes receberão material didático em forma de roteiro descritivo, material de consulta e assistirão às demonstrações de condutas técnicas.

Ao final do treinamento, os participantes passarão por uma avaliação, que verificará o aproveitamento individual, não sendo esta etapa de caráter eliminatório. Na avaliação o participante deverá responder 10 questões em forma de múltipla escolha.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

APRESENTAÇÃO:

– Ideologia do programa de treinamento.

– A evolução dos cuidados emergenciais.

– A importância do primeiro atendimento ao acidentado.

– Os objetivos dos cuidados emergenciais.

ASPECTOS LEGAIS:

– Implicações legais nos cuidados emergenciais

– Padrões de assistência.

– Direitos e deveres no atendimento

– Legislações, normas e regras.

AS PRIORIDADES DO ATENDIMENTO:

– A abordagem inicial.
– A avaliação.
– Estabilização e preparo para o transporte.
– Neste módulo são abordadas as principais condutas para remoção e os cuidados emergenciais para o atendimento do acidentado.

TÉCNICAS OPERACIONAIS DO ATENDIMENTO:

– Técnicas para a manipulação e movimentação do acidentado.

– Técnicas de posicionamento para a estabilização do acidentado.

– Técnicas para o transporte.

LESÕES MÚSCULO-ESQUELÉTICAS:

– Conceitos sobre as diferentes manifestações traumáticas.

– Técnicas para os cuidados básicos emergenciais.

– Traumas em membros, coluna, crânio e tronco: Fratura;Contraturas;Entorses; Luxações.

CUIDADOS EMERGENCIAIS:

– Traumas (membros, coluna, crânio e tronco):

– Fraturas

– Entorses

– Luxações

EMERGÊNCIAS CLÔNICAS:

– Crises convulsivas

– Desmaios

– Distúrbios de comportamentos

– Dor torácica súbita

FERIMENTOS:

– Hemorragias

– Queimaduras

– Eviscerações

– Amputações

– Objetos transfixados, encravados e empalados

EMERGÊNCIAS CARDIO-RESPIRATÓRIAS:

– Obstrução de vias aéreas por corpos estranhos

– Parada respiratória em pacientes adultos

– RCP em paciente adulto

ACIDENTES ESPECÍFICOS:

– Animais peçonhentos (Cobras, escorpiões, abelhas e aranhas)

– Intoxicações