• contato@ultraseg.com.br
  • (16)3397-1130
Respeite sua vida, Trabalhe com segurança.

Agenda

  • Você esta em:   
  • Home
  • Agenda
  • Curso Complementar de NR-10: SEP - Sistemas Elétricos de Potência - 40horas/aula
 

Curso Complementar de NR-10: SEP - Sistemas Elétricos de Potência - 40horas/aula

"Curso Complementar de NR-10: SEP - Sistemas Elétricos de Potência - 40horas/aula"

 

I - OBJETIVOS GERAIS
                 - Capacitar profissionais proporcionando uma sistemática de trabalho, organizada, garantindo qualidade e confiabilidade, e ainda, desenvolvendo um perfil técnico-profissional capaz de garantir subsídios técnicos e embasamento legal para a atividade.

                - Atender à exigência legal, conforme Norma Regulamentadora n°10, Portaria nº 0598 de 07/12/04, do Ministério do Trabalho e Emprego - M.T.E., visando os preceitos e normas de Saúde e Segurança no Trabalho.

II - METODOLOGIA
O programa será desenvolvido em 40 horas/aula para o curso básico de formação e 08 horas/aula para o curso de capacitação periódica (reciclagem), compreendendo aulas teóricas e trabalhos práticos, visando atender a Norma Regulamentadora n° 10. Os participantes receberão materiais didáticos em forma de apostila e assistirão às demonstrações de condutas técnicas. Ao final do curso, os participantes passarão por uma avaliação de 10 questões em forma de múltipla escolha, a qual verificará o aproveitamento individual. O curso será realizado na própria empresa, evitando assim o deslocamento de seus profissionais.

III - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

ORGANIZAÇÃO DO SISTEMA ELÉTRICO DE POTENCIA - SEP         

ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO

-          programação e planejamento dos serviços ;

-          trabalho em equipe;

-          prontuário e cadastro das instalações;

-          métodos de trabalho;

-          comunicação.

ASPECTOS COMPORTAMENTAIS

CONDIÇÕES IMPEDITIVAS PARA SERVIÇOS

RISCOS TÍPICOS NO SEP E SUA PREVENÇÃO

-          proximidade e contatos com partes energizadas;

-          indução;

-          descargas atmosféricas;

-          estática;

-          campos elétricos e magnéticos;

-          comunicação e identificação;

-          trabalhos em altura, máquinas e equipamentos especiais.

TÉCNICAS DE ANÁLISE DE RISCO NO S E P

PROCEDIMENTOS DE TRABALHO - ANÁLISE E DISCUSSÃO

TÉCNICAS DE TRABALHO SOB TENSÃO

-          em linha viva;

-          ao potencial;

-          em áreas internas;

-          trabalho a distância;

-          trabalhos noturnos;

-          ambientes subterrâneos.

EQUIPAMENTOS E FERRAMENTAS DE TRABALHO (ESCOLHA, USO, CONSERVAÇÃO, VERIFICAÇÃO, ENSAIOS)

SISTEMAS DE PROTEÇÃO COLETIVA

EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

POSTURAS E VESTUÁRIOS DE TRABALHO

SEGURANÇA COM VEÍCULOS E TRANSPORTE DE PESSOAS, MATERIAIS E EQUIPAMENTOS

SINALIZAÇÃO E ISOLAMENTO DE ÁREAS DE TRABALHO

LIBERAÇÃO DE INSTALAÇÃO PARA SERVIÇO E PARA OPERAÇÃO E USO

TREINAMENTO EM TÉCNICAS DE REMOÇÃO, ATENDIMENTO, TRANSPORTE DE ACIDENTADOS

ACIDENTES TÍPICOS - ANÁLISE, DISCUSSÃO, MEDIDAS DE PROTEÇÃO.

RESPONSABILIDADES

REGULAMENTAÇÕES DO MTE

-          NRs;

-          NR-10 (Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade);

-          Qualificação; habilitação; capacitação e autorização.

ROTINAS DE TRABALHO – PROCEDIMENTOS

-          Instalações desenergizadas;

-          Liberação para serviços;

-          Sinalização e Inspeções de áreas, serviços, ferramental e equipamento.

DOCUMENTAÇÃO DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

RISCOS ADICIONAIS

-          Altura;

-          Ambientes confinados;

-          Áreas classificadas;

-          Umidade;

-          Condições atmosféricas.

PROTEÇÃO E COMBATE A PRINCÍPIOS DE INCÊNDIOS

TEORIA DO FOGO

PROPAGAÇÃO DO FOGO

CLASSES DE INCÊNDIO

MÉTODOS DE EXTINÇÃO

AGENTES EXTINTORES

EQUIPAMENTOS DE COMBATE A INCÊNDIO

EQUIPAMENTOS DE DETECÇÃO E ALARME DE INCÊNDIOS

ATIVIDADES PRÁTICAS

ACIDENTES DE ORIGEM ELÉTRICA

-          Causas diretas e indiretas;

-          Discussão de casos.

PRIMEIROS SOCORROS

-          A importância da do primeiro atendimento ao acidentado;

-          Aspecto legal do atendimento emergencial e observações gerais.

AS PRIORIDADES NO ATENDIMENTO:

-          A abordagem inicial;

-          A avaliação;

-          Manipulação, movimentação e transporte emergencial de pacientes;

-          Técnicas para o transporte;

-          Técnicas para o atendimento na ambulância.

CUIDADOS EMERGENCIAIS

         Traumas (membros, coluna, crânio e tronco):

-          Fraturas;

-          Entorses;

-          Luxações.

         Emergências clínicas

-          Crises convulsivas;

-          Desmaios;

-          Distúrbios de comportamentos;

-          Dor torácica súbita.

         Ferimentos

-          Hemorragias, queimaduras, eviscerações e amputações;

-          Objetos transfixados, encravados e empalados.

         Emergências cardiorrespiratórias

-          Obstrução de vias aéreas por corpos estranhos;

-          Parada respiratória em pacientes adultos;

-          Reanimação cardiopulmonar.

         Acidentes específicos

-          Animais peçonhentos (Cobras, escorpiões, abelhas e aranhas);

-          Intoxicações.

           Eletrocussões

IV - PRÉ-REQUISITOS

Comprovar ter frequentado com aproveitamento satisfatório o curso básico de NR-10 de 40 horas através da apresentação de certificado de conclusão devidamente assinado por profissional legalmente habilitado conforme determina a NR-10.

Ter formação na área de eletricidade ou de segurança do trabalho ou ainda trabalhar com eletricidade como profissional capacitado de acordo com o que determina a NR10.

V - PÚBLICO ALVO

Engenheiros e Técnicos (Elétrica, Eletrônica, Eletromecânica, Instrumentação, Segurança do Trabalho), Eletricistas, Auxiliares de Eletricistas ou qualquer outro profissional que desenvolva suas atividades no Sistema Elétrico de Potência – SEP ou em sua proximidade como trabalhadores de empresas de telefonia, TV a cabo e similares.

VI - BIBLIOGRAFIA E NORMAS APLICÁVEIS

Norma Regulamentadora NR 10, Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade.

NBR-5410 - Norma Técnica Brasileira de Instalações Elétricas de Baixa Tensão;

NBR-5419 - Norma Técnica Brasileira de Proteção de Estruturas contra Descargas Atmosféricas;

NBR-14039 - Norma Técnica Brasileira de Instalações Elétricas de Média Tensão;

NBR-5444 - Símbolos gráficos para instalações elétricas prediais;

NBR 5418 - Instalações elétricas em atmosferas explosivas.

VII - RESPONSABILIDADE TÉCNICA

           • VAGNER VALÉRIO TROCA – Engenheiro Eletricista, Pós-graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho. Experiência Profissional: 22 anos na Distribuição de Energia Elétrica da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL)- Instrutor de Treinamentos da CPFL Atende.

          • MARCOS ROBERTO SANT’ ANA – 2º Tenente PM do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, Técnico em Segurança do Trabalho – Registro n° 34174/SP, Psicólogo pela Universidade Paulista (UNIP / Araraquara – SP) - CRP 06/86.337 e Pós-Graduado em Engenharia de Segurança do Trabalho (Faculdades Logatti Araraquara).